Fevereiro chegou e com ele um dos desafios mais importantes para o ano dos nossos pequenos: a vida escolar. Embora o país inteiro esteja no clima de carnaval, para nós, que somos pais, o começo da vida escolar dos nossos filhos é um momento muito importante. Depois de umas merecidas e longas férias, os nossos pequenos voltam para a escola e com isso o frio na barriga é inevitável. Preocupações, dores e até nostalgia daquele bebê que ficava no colo o dia todo e que só precisava ficar perto de você.

Não temos a menor dúvida de que a escola faz muito bem para os nossos filhos, e para nós como pais ou cuidadores também. A velocidade do desenvolvimento cognitivo, emocional e social é muito mais rápida. Primeiras amizades começam a aparecer e toda a base de conhecimento intelectual começa a ser formada.

Mas se para nós as vezes é angustiante pensar nesse primeiro momento onde nossos filhos terão que enfrentar ao mundo longe de casa, imagine para eles.  Nossos filhos são únicos e cada um percebe o primeiro dia de aula de um jeito diferente: tem quem adora a ideia de voltar – ou começar – o ano escolar; tem quem chora um pouquinho mas depois se acostuma; e há também quem chora e não gosta de ir na escola por nada neste mundo.

Evitar que a volta às aulas, ou o primeiro dia de aula, sejam um processo traumático para os nossos filhos é um trabalho para ser feito em equipe. Muitas vezes, sem perceber passamos as inseguranças para os nossos pequenos e com isso em mente, preparamos algumas dicas importantes que podem ajudar para que a volta às aulas seja um processo feliz na vida dos nossos filhos.

Gerar Confiança

Pode não ser muito fácil para nós transmitir essa confiança quando o medo ou as dúvidas estão mais conosco do que com os nossos filhos, mas a confiança é a coisa mais importante que devemos passar para eles antes mesmo do primeiro dia de aula. Deste modo, mesmo com aperto no coração devemos ser corajosos é bom conversar com a criança sobre a escola, falar sobre as coisas que irá ver e conhecer, é importante também que eles saibam que os pais estão sempre dando suporte, e que mesmo estando longe deles ele não estará sozinho.

Compras Escolares

Fazer das compras escolares um evento familiar pode ajudar, cuidando para não chegar aos extremos do consumismo, comprar uma mochila do gosto dele, lápis de cor e cadernos coloridos são uma ótima ideia na hora de incentivar a volta às aulas e fazer do primeiro dia de aula um dia muito esperado para eles.

Seja Pontual nos Horários da Escola

Para muitos de nós que andamos só na correria pode parecer quase impossível deixar ou pegar os filhos na escola com muito tempo; mas esse pequeno detalhe pode fazer com que o processo de assimilar a escola seja mais tranquilo e até prazeroso. Acordar cedo, se preparar com tempo e tomar café – ou almoçar-  sem pressa evita o stress dos nossos pequenos que têm uma percepção de tempo muito diferente da nossa, ainda mais no primeiro dia de aula.

O mesmo ocorre na hora da saída. Quem de nós não lembra daquele dia que ficou sozinho na escola, pois os pais chegaram atrasados? Não foi legal né?

Ter Firmeza e Controle da Situação

É normal que os choros e as birras sejam protagonistas dos primeiros dias de escola, afinal, quem de nós nunca teve medo perante as mudanças? É nesse momento onde a nossa firmeza e confiança deve ser transmitida para os nossos filhos, pois se damos o braço a torcer passaremos a mensagem de que com birra não precisarão ir para a escola. Não demore muito para ir embora, sabemos que não é fácil e queremos ficar dando tchauzinho, mas estaremos dificultando ainda mais o processo de adaptação

Através da linguagem podemos passar confiança ou insegurança para os nossos filhos, então quanto mais você falar que a escola é algo muito legal, e que é totalmente normal eles nem vão perceber que este afastamento é tão ruim assim. Na hora da despedida evite carinhos demais, pois embora seja um dia muito importante, ele vai perceber que tem alguma coisa errada. Se pelo contrário falarmos para eles do mesmo jeito que falamos quando estão subindo num escorregador tipo, “Se divirta muito, pois, daqui a pouco volto e não podemos demorar, tá?” ele entenderá que a escola é muito divertida.

Educar pessoinhas do bem para este mundo não é uma tarefa fácil. Muitas vezes, como pais nós cobramos muito e ficamos muito preocupados com a incerteza de não estar fazendo o jeito certo. Gostaríamos de escutar a sua opinião neste tema aqui nos comentários. Conhece outras dicas para ajudar com o primeiro dia de aula?