Passamos a vida toda aprendendo maneiras e os passo a passo de como ser ou fazermos algo, desde crianças desenvolvemos habilidades de acordo com nossa idade, tanto na escola quanto em casa.

Ditaram de alguma forma, regras de como ser e de como fazer em determinados momentos, e quando algo sai fora da linha, acabamos por julgamentos alheios e até julgamentos próprios de incapacidade.

Porém, nunca foi veridico nenhum tipo de pensamento inferiorizando nosso tempo de aprendizado e de crescimento. Com isso tudo viemos mostrar a vocês mamães e papais, um método que certamente revolucionou a forma de desenvolvimento infantil, e que com certeza fará você se encantar por ele.

Falamos do Método Montessori, criado inicialmente por Maria Montessori que acreditava fielmente no poder do desenvolvimento livre e espontâneo de cada ser humano, ela diz que não importa tanto o material e/ou a prática, mas sim na possibilidade de libertar a verdadeira natureza do indivíduo, para que essa natureza possa ser observada, estudada e compreendida.

Para a criadora do método, a desenvoltura da educação de uma criança tem como base a sua própria forma de ser, ou seja, sua natureza e essência puramente em desenvolvimento, e não ao contrário como muitos outros métodos empregam, ditando quando será a hora certa para uso de determinado método e brinquedo.

Dentro dessa proposta Montessori acredita que as crianças possuem determinadas fases de desenvolvimento, onde comportamentos e aprendizados são específicos para aquela idade, mas nunca podemos esquecer a individualidade de cada criança, juntamente com a fase do desenvolvimento que está passando, devemos observar seu individual e conciliar o método ao mundo de personalidades dentro do perfil observado.

Existem seis pilares que para o método são os essenciais para o desenvolvimento da criança, que são eles:

  • Autoeducação
  • Educação como Ciência
  • Educação Cósmica
  • Ambiente Preparado
  • Adulto Preparado
  • Criança Equilibrada

E se tratando de crianças e desenvolvimento infantil, não podemos nunca descartar os brinquedos e as brincadeiras, que fazem parte do mundo deles desde sempre, e existe uma relação bem bacana entre o método Montessori e os brinquedos.

Na visão montessoriana os brinquedos não são tão importantes para as crianças, como o simples prazer nas brincadeiras que a própria vida pode proporcionar a eles como, um simples banho de chuva.

Porém existem “ferramentas” montessorianas que estimulam o desenvolvimento livre da criança, que para todos os momentos em coletivo e individual será de extrema importância.

Na maioria, os brinquedos desse método utilizam-se de materiais naturais, com uma qualidade muito superior aos brinquedos normais que encontramos por aí, e em sua maioria são de plásticos. Encontramos jogos montessorianos que despertam a curiosidade da criança através do brincar, desenvolvendo um raciocínio lógico.

Ou seja, usando materiais naturais trazemos a criança mais próximo da realidade, com métodos que estimulam todos os campos humanos e naturais da vida, desenvolvendo habilidades naturais em seu tempo certo, para a criança certa.

Com o método, nós adultos podemos aprender a observar mais, e interferir menos nas brincadeiras e decisões das crianças, tornando seu papel apenas como suporte e auxiliador na hora de apresentar as determinadas brincadeiras.

O mais importante do método Montessori é entender que cada criança possui um tempo diferente para aprender e entender algo, e deixar que elas por si próprias com alguns estímulos consigam tomar decisões e amadurecerem sozinhas, é a melhor maneira de ter um leve e bom caminho de crescimento humano.

Nós da Pikoli Brinquedos acreditamos no potencial de cada criança em seu individual, e trabalhamos para ter quaisquer produtos, que de certa forma ajudará ainda mais em seus estímulos para o desenvolvimento saudável 🙂