Assim como existem as séries e fases de aprendizado específicas nas escolas, nos cursos e projetos extracurriculares não poderia ser diferente.

Se você é dessa mãe/pai que se preocupa com a formação plena e necessária, além dos estudos convencionais, essas dicas serão para vocês.

Vamos falar sobre a importância de escolher uma boa e adequada atividade extracurricular. Sempre lembrando-se de se atentar as atividades que realmente se encaixam na realidade das suas crianças, se atentando também a outros fatores muito importantes.

É  a vontade do seu filho?

Em qualquer situação onde está em jogo o tempo e disposição do seu filho, sempre tenha em mente se é exatamente esse tipo de situação que ele se sente confortável de se estar. Quando a criança está fazendo algo que gosta, as chances de ser uma atividade duradoura e positiva crescem muito mais.

É ideal para a idade deles?

Atentar-se sempre à atividades que se disponibilizam para a determinada idade que seus filhos estão. Essas atividades extracurriculares são de extrema importância para o desenvolvimento social e cognitivo juntamente com o ensino padrão, não podendo destoar tanto dessa fase atual.

É de acordo com a personalidade do seu filho?

Você mais do que ninguém conhece seu filho e sua personalidade pura, e é através desse conhecimento, que você precisa identificar suas fraquezas e seus pontos fortes, entender quem é seu filho em meio a tantos jeitos diferentes. É o que vai ir de encontro com a melhor escolha para uma atividade extracurricular.

Pensando nesses primeiros fatores, você com certeza já tem um caminho para começar a pesquisar essas atividades, mas é daí que provavelmente surgem outras dúvidas de Personalidade X Atividades.

Aqui vão mais dicas de prováveis personalidades que seu filho possa ter e as melhores atividades extracurriculares para eles!

Crianças com muita energia

Se o seu filho é uma criança muito agitada, que possui dificuldade em ficar mais quieto ou até que já possui diagnóstico de déficit de atenção e hiperatividade. Algumas atividades são melhores para eles.

Atividades como: Artes marciais; futebol; basquete e/ou qualquer esporte que possui contato com outras pessoas.

Atividades que façam gastar bastante energia, e que possam desenvolver neles o autocontrole, ajudarão até mesmo na disciplina do seu filho.

Crianças muito criativas

Toda criança por si só possui uma criatividade particular da infância, porém, algumas se destacam pela forma com que dominam essa criatividade. Nesse caso essas crianças necessitam de atividades que possam trazer dominação e potencialização da expressão de seus pensamentos

Atividades como: música; pintura; teatro; escrever e/ou tudo que seja relacionado a artes plásticas em especial.

Essas atividades voltadas para o artístico, deixam a criança livre para se expressar com toda a criatividade de forma ativa, visual e contato direto com os objetos.

Crianças com timidez

Se o seu filho possui um padrão mais quieto e comportado, que tenha uma dificuldade maior em se comunicar com adultos e até outras crianças, algumas atividades poderão ajudar ele a se soltar um pouco mais.

Atividades como: teatro; grupos de dança; esportes que possuem equipes.

Atividades que são necessárias estarem em grupos para tudo fluir, são ótimas para esse tipo de personalidade, ensinarão a importância da amizade e companheirismo, vencendo seus medos e socializando mais.

Crianças mais inativas

Algumas crianças têm a tendência de serem menos ativas, em muitas vezes chegando até a um sedentarismo infantil. Atividades de movimentos e que obrigam elas a se exercitarem mais são as indicadas.

Atividades como: natação; atletismo; lutas; e/ou atividades esportivas no geral que sejam em grupos ou individuais.

Colocar suas crianças para se exercitarem, juntamente com uma grande carga de aprendizado é a melhor solução para os pequenos preguiçosos.

Agora que você já sabe identificar algumas das personalidades e suas atividades extracurriculares ideias, é só procurar a que mais se encaixa na rotina da criança e começar as atividades !

Nunca se esquecendo que não é necessário uma carga horária muito extensa para as atividades, o que importa realmente é o desenvolvimento saudável e promissor para os seus filhos 🙂