Ao entrarmos no jogo da vida, algumas coisas já vêm meio que pré definidas, coisas sociais como depois de nascer; crescer; ir para escola; aprender as matérias todas; passar no vestibular; entrar para a faculdade; se formar; casar; ter filhos e assim por diante.

E para uma criança que já nasce nesses padrões formados pela sociedade, fica muito difícil se sentir realmente vitorioso com algo, ou então seguir caminhos diferentes ao decorrer da vida.

Se pensarmos bem sobre a vida, e como as coisas no decorrer dela são impermanentes, diríamos que nossa sociedade e a forma com que lida com as situações está totalmente sem razão e sem estruturação para um bom sucesso.

Se a vida é essa constante impermanência, porque nosso ensino na grande maioria mostra mais sobre decorar para provas, do que realmente aprender sobre o que está sendo ensinado, às vezes de uma forma até mais cruel, te dá infinitas matérias e supostamente te obrigam a ser bom em todas, para que você passe de ano é necessário que você “saiba” tudo, mesmo só tendo decorado o ano todo.

Talvez seja o costume da tecnologia estar ao nosso alcance, e assim tratamos cada vez mais as pessoas como máquinas, mas como explicar um ensino totalmente no modelo industrial nos dias atuais ?

E é aí que começa a missão de vocês papais e mamães que estão com seus pequenos, praticamente iniciando suas vidas e suas histórias. Seu papel aqui será fundamental para a construção da ideia de como é aprender e não decorar.

Aquele velho costume de decorar coisas importantes para exames importantes, ou aquele manual de instruções que insiste em ficar em nossa bolsa para qualquer dúvida ele estar lá para nos auxiliar. Coisas assim que torna cada dia mais difícil o aprender verdadeiro.

A vontade pelo conhecimento deve ser estimulada, a procura por atividades que nem sempre condiz com aulas e projetos futuros, mas sim, pelo puro prazer de aprender algo novo, acrescentar algo a sua construção como pessoa no mundo.

Não é uma tarefa fácil, mas ensinar aos seus filhos essas atitudes práticas de buscar conhecimento, seja lá em que área, e para qual sentido, é o primordial para essa construção humana de verdadeira sabedoria do intelecto.

Busque sempre motivar seus filhos na leitura, já é comprovado que ler expande mais do que imaginamos em nossa mente, mas não leituras educacionais, aqueles livros que os professores dizem que é bom, motive a leitura no geral, sobre todas as coisas que possa existir.