Amizade é importante em qualquer fase da vida. É ali que encontramos pessoas que farão parte de algumas de nossas histórias, dividimos segredos e confidenciamos amores por outro indivíduo. A amizade traz mais do que pessoas desconhecidas para nossa vida. Ela nos aproxima daquelas que se tornarão a família que pudemos escolher.

Uma boa amizade é capaz de nos salvar de muitas coisas: ela nos tira da tristeza, da depressão e da solidão, ajuda a lidar com a dor da saudade, oferece um ombro amigo nas horas boas e ruins. Ou seja, ter um bom amigo é como ganhar na loteria da vida.

E se para nós, adultos, já é tão importante ter amigos, imagine só a força e a importância de se conquistar os primeiros amigos da vida! Os laços são tão intensos que você com certeza se lembra dos seus e guarda boas memórias dos momentos que viveram juntos.

Nessa fase da vida, onde tudo é descoberta, tudo é muito novo, é de extrema importância entender que crianças devem estar com outras crianças, para que possam aprender a interagir, conviver e, principalmente, respeitar.

As primeiras amizades se fazem necessárias para o próprio desenvolvimento cognitivo, social e, principalmente, da comunicação dessas crianças. E é convivendo com outras crianças e com pessoas diferentes – e de personalidades diferentes – que esses desenvolvimentos se tornarão possíveis e efetivos.

Então, aproveite o período de férias para passar um tempo com seus filhos nos parques, incentive que eles participem de festinhas infantis, permita que eles sintam interesse em interagir com o mundo e deixe-os brincar e se arriscar nesse sentimento, que é um dos mais genuínos que o ser humano pode sentir.

E mais do que tudo, sejam amigos dos seus filhos também!

Uma dica importante: crianças menores de 2 anos podem ter os animais de estimação da casa como ótimos “primeiros amigos”.