Nós já falamos aqui sobre os inúmeros benefícios de incentivar o aprendizado da música entre as crianças. Mas será que tem uma hora exata pra fazer isso?

Como sempre, a resposta para essa pergunta vai depender de uma série de fatores que variam muito de pessoa para pessoa. 

Existem algumas crianças que começam a aprender e se tornam bastante proficientes já a partir dos três anos de idade. No entanto, não são poucos os casos de pessoas que tiveram seu primeiro contato com a música apenas a partir dos 10 anos e se tornaram excelentes pianistas profissionais. Além disso, também existem casos em que mesmo com todo o incentivo dos pais, a criança não demonstra qualquer interesse no assunto. 

A verdade é que não existe uma regra que possa ditar a idade em que uma criança estará pronta para começar a ter aulas de música. Qualquer indivíduo que quiser realmente aprender e estiver disposto a praticar as horas necessárias pode atingir um alto nível de habilidade e prazer.

O fundamental, então, é tentar identificar se a criança possui alguma inclinação para esse universo musical, para que isso possa ser trabalhado em um momento oportuno. 

Mas como fazer isso?

Inserir brinquedos musicais no dia a dia da criança pode ser uma boa forma de despertá-los nesse sentido. Mas também existem alguns sinais que podem te ajudar a identificar essa característica: 

Movimentos

Observe os movimentos de seu filho. Crianças talentosas musicalmente tendem a ter uma maneira rítmica de se mover e até de acompanhar o ritmo de algum som que eles estejam ouvindo. Se você perceber que seu filho costuma bater os pés ou balançar as mãos no exato tempo de uma música, isso pode ser um bom sinal. 

Habilidade de escuta

Uma criança que é musicalmente talentosa também costuma estar mais ciente dos sons ao seu redor do que outras crianças. Seu filho pode comentar, por exemplo, sobre um som da água corrente que ele ouve vindo de longe, sobre como o trânsito parece estar mais barulhento em um momento específico do dia, ou sobre a música vinda da casa de seu vizinho que, muitas vezes, você nem prestou atenção. 

Habilidade de observação

Experimente cantar uma música simples que seu filho já conheça e cometa um erro intencional na melodia para ver se a criança nota o equívoco. Além disso, crianças talentosas musicalmente podem imitar com sucesso os sons dos instrumentos que ouvem em uma melodia ou freqüentemente aprendem as melodias mais facilmente.

Isso tudo quer dizer que se seu filho não tiver essas habilidades é um sinal de que ele a música não fará parte da sua vida? Absolutamente, não. Como dissemos, todo indivíduo é capaz de aprender qualquer coisa. Uns podem ter mais facilidade e outros menos, mas o processo de aprendizagem é muito mais uma questão de dedicação e foco do que apenas de talento natural. 

Por isso, se você ainda não tiver certeza de quando – ou mesmo se – seu filho deve começar as aulas de música, não pense que é agora ou nunca. Quando há interesse, a música pode ser aprendida em qualquer idade. O mais importante é que a vontade da criança seja respeitada e que os seus talentos sejam valorizados, independentemente da área. Se não for na música, pode ser no esporte, no desenho, na escrita, no teatro, no aprendizado de uma língua, não importa. No fim das contas, o que a gente mais quer é vê-los felizes e realizados.