Saiba como os pets podem ajudar no desenvolvimento das crianças

O que você faria se, um belo dia, seu filho chegasse até você e dissesse que queria muito ter um animalzinho de estimação? 

Essa é uma conversa que ocorre em praticamente todas as famílias e é muito comum que os pais fiquem relutantes, afinal, a decisão implica em muita responsabilidade, além de algumas renúncias e adaptações. Isso sem falar no aumento dos custos familiares, afinal, ter um pet requer alimentação, medicamentos, consultas frequentes ao veterinário, e muito mais. 

Mas também é verdade que crianças, em sua maioria, amam animais e, cedo ou tarde, vão desejar ter um em casa para cuidar e brincar. 

Segundo dados da Abinpet (Associação Brasileira da Indústria de Produtos Para Animais de Estimação), o Brasil é o terceiro país com maior população de animais domésticos do mundo, sendo 54,2 milhões de cães, 23,9 milhões de gatos, 19,1 milhões de peixes, 39,8 milhões de aves e mais de 2,3 milhões de outros animais. 

Por isso, aproveitamos as comemorações do Dia Nacional dos Animais, celebrado em 14 de março, para listar alguns benefícios que o contato com um animal de estimação pode trazer para a saúde e o desenvolvimento das crianças e, de repente, te ajudar a pesar os prós e contras de “aumentar a família”. Vamos lá?

1. Pets reduzem os quadros de alergias

Pesquisas mostram que crianças que crescem em lares com animais de estimação provavelmente têm um sistema imunológico mais forte e menos propensas a desenvolver alergias e asma na infância. Pesquisa realizada pela farmacêutica Novartis Animal Health testou a saliva de 138 crianças com idades entre quatro e 11 anos para anticorpos IgA – um anticorpo encontrado no sistema imunológico que ajuda a combater a infecção. Os resultados mostraram que as crianças que possuíam animais de estimação foram capazes de evitar infecções, como resfriados e gripes, melhor do que as crianças sem animais de estimação, tendo assim menos dias de folga na escola.

2. Trazem responsabilidade

Tarefas diárias importantes como passear com o cachorro, dar comida, trocar a água e fazer a limpeza da área onde eles vivem, ensinam as crianças a serem responsáveis, além de lhes dar uma sensação de realização. Cuidar de um animal de estimação também ajuda as crianças a desenvolver empatia pelos outros.

3. Auxiliam no aprendizado

Pode parecer estranho num primeiro momento, mas os animais de estimação podem ajudar as crianças com seu aprendizado, principalmente no que se refere às habilidades de leitura. Pesquisas mostram que crianças que se sentem relutantes a ler em voz alta na escola ficam mais confiantes lendo para animais, pois os vêem como um amigo sem julgamento.

4. Proporcionam conforto e companheirismo

Se as crianças se sentem muito sozinhas durante o dia, os animais também podem ser uma boa fonte de conforto e companheirismo, ajudando a deixá-las menos ansiosas ou retraídas.

5. Incentivam um estilo de vida saudável

Desde passear com o cachorro até brincar com um gatinho ou um coelho na área externa da casa, ter um animal de estimação ajuda a estimular um estilo de vida saudável para seus donos, incentivando-os a passar mais tempo ao livre, sair e correr. 

6. Reduzem a pressão arterial

Os benefícios emocionais dos animais são inúmeros, mas eles também nos proporcionam benefícios físicos. Para se ter ideia, acariciar animais pode ajudar a diminuir a pressão arterial e, por sua vez, diminuir a ansiedade. Portanto, pode ser fundamental para deixar seus filhos mais tranquilos nas semanas de prova ou nos momentos de maior estresse. 

7. Reduzem a solidão

Ter um animal de estimação pode ajudar a afastar sentimentos de solidão e isolamento. E aqui vale uma atenção especial, afinal, isso não funciona apenas para as crianças. Pesquisadores estudaram dois grupos de aposentados, que receberam um vaso de plantas ou um periquito para cuidar, e descobriram que depois de dois anos os donos de periquitos estavam mais engajados socialmente.

8. Ensinam a entender o ciclo da vida

Embora a maioria dos pais queira proteger seus filhos das crueldades do mundo, ter um animal de estimação permite que as crianças entendam e aprendam sobre o ciclo da vida. Lidar com a morte de um animal de estimação pode realmente ajudá-los a, mais tarde, lidar com outros eventos desafiadores da vida.

9. São divertidos!

Por último, mas não menos importante, ter um animal de estimação é muito divertido. Seja um cão, gato, pássaro ou furão, possuir um animal proporciona momentos de alegria e prazer para qualquer família. Observar o comportamento do bichinho, receber uma demonstração de carinho “de graça” e vê-lo fazer festa quando você chega em casa, são pequenas experiências que podem transformar seu dia em um segundo. 

IMPORTANTE

  • Apesar de todos esses benefícios, é preciso preparar a criança para entender que um bichinho é um ser vivo e não um brinquedo. Portanto, precisa ser cuidado e amado, por um longo período de tempo. 
  • Em toda cidade existem dezenas de ONG’s que recolhem animais de rua ou em situação de maus tratos. Prefira adotar um desses bichinhos ao invés de comprar um filhote de uma raça específica. 
  • Uma vez feita a escolha de ter um animalzinho em casa, lembre-se que ela é definitiva e que esse animalzinho vai fazer parte da sua vida por, pelo menos, 10 ou 15 anos. Se, no momento, não for possível fazer planos de “longo prazo”, prefira aguardar um momento oportuno para que a decisão seja tomada com responsabilidade.